quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Oportunidade de Trabalho: Profissional horista Audiovisual EPSJV

Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fiocruz (EPSJV/Fiocruz) seleciona profissional para apoio na aula com o tema “Produção de Audiovisual" na disciplina de Audiovisual do Ensino Médio e Trabalho de Integração do Iniciação à Educação Politécnica.

Vínculo: horista
Escolaridade:  Segundo grau completo, conhecimento técnico em Audiovisual.
Setor Responsável:  Núcleo de Tecnologias Educacionais - Nuted
Período de Envio do currículo: de 31/10/2012 a 04/11/2012
Vagas:  1 (uma)
Carga horária: 28 horas de aula Valor da hora/aula: R$ 40,00
Meses de trabalho:  Novembro de 2012
Local de trabalho: O profissional selecionado será lotado na EPSJV.

Atividades: Apoio no processo de direção, produção de filmes, documentários ou vídeos institucionais, definindo, junto aos professores e alunos, estilos e estratégias de trabalho, técnicas utilizadas e conteúdos mobilizados para a consolidação do produto audiovisual;

Cronograma do processo seletivo
Período de Envio do currículo: de 31/10/2012 a 04/11/2012 
Análise de currículos: 05/11/2012
Divulgação do resultado: 06/11/2012

Observações
Os interessados deverão encaminhar os currículos à Seção de Gestão de Pessoas da EPSJV, até o dia 04/11/2012 através do e-mailsrhepsjv@fiocruz.br, indicando no assunto "Profissional Audiovisual - Horista (Nuted)". Anexos não serão abertos, portanto, cole no corpo do email o seu currículo.

Debates sobre saúde da população negra na ENSP/Fiocruz


O II Seminário Saúde da População Negra em Debate e da Reunião da Juventude Pró Saúde da População Negra ocorrerão em 9 de novembro, das 9 às 17 horas, no salão internacional da ENSP. 

Os eventos pretendem aprofundar a discussão sobre o desenvolvimento de pesquisas em saúde realizadas com a temática da população negra, com o compromisso de refletir a respeito da validade, utilidade ou necessidade do uso desse recorte e em que medida ele colabora com a ampliação da equidade. Também será exposto um panorama da situação da violência contra a juventude negra no Brasil, discutindo modelos para evitar mortes precoces à luz do Plano Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Juventude Negra – Plano Juventude Viva. 

De acordo com Mayalu Matos, coordenadora da Cooperação Social da ENSP, espera-se que os debates contribuam para um diálogo entre atores diversos e colaborem para uma maior democratização do SUS, em consonância com a diversidade da sociedade brasileira. A primeira versão do seminário, em 2011, foi dedicada à apresentação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. Nesta edição, busca-se ampliar as discussões por meio da abordagem de outros aspectos, entre os quais o Plano de Enfrentamento à Violência contra Jovens Negros, como uma ação vinculada à Política de Saúde da População Negra e às Políticas de Promoção da Equidade em Saúde. 

Para a Mobilização Nacional Pró Saúde da População Negra, esse seminário representa a possibilidade de construir diálogo com as estruturas de pesquisa nacional em saúde em torno do racismo como determinante social em saúde. Segundo a articuladora da Mobilização Nacional, Crisfanny Souza Soares, o racismo ainda é um fator determinante nas condições de vida e de morte em nosso país, além de atuar no modo como os indivíduos são tratados no SUS. "O que aparece declaradamente em diversos levantamentos realizados pelo Ministério da Saúde precisa ser observado institucionalmente, na incorporação de tecnologias e estratégias que corroborem para redução dessas iniquidades em saúde. A perspectiva do evento é dar mais um passo em direção a esse aperfeiçoamento”, explicou Crisfanny.

Participarão da mesa de abertura Valcler Rangel, vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde/Fiocruz; Antônio Ivo de Carvalho, diretor da ENSP; Fernanda Papa, coordenadora do Plano Juventude Viva, Secretaria Nacional de Juventude - Presidência da República, e representante do Ministério da Saúde; e Juliano Gonçalves Pereira, representante da Mobilização Pró-Saúde da População Negra. 

Os temas tratados serão: Epidemiologia e pesquisa em saúde da população negra: aprofundando o debate e A violência contra a juventude negra e o racismo institucional, questões alarmantes para a saúde pública. Ao fim da tarde, haverá o lançamento da segunda edição do livro Saúde da população negra, organizado por Luís Eduardo Batista, Jurema Werneck e Fernanda Lopes. O encerramento do evento terá uma roda de jongo no pátio da ENSP. 

No dia 10, sábado, ocorrerão as reuniões da Juventude Pró-Saúde Negra e de estruturação de ações da Mobilização Nacional Pró-Saúde da População junto às Juventudes.

As inscrições para o seminário serão realizadas pelo endereço: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=9149.

Serviço:
O quê? II Seminário Saúde da População Negra em Debate e Reunião da Juventude Pró Saúde :  da População Negra
Quando?  9 de novembro, de 9h às 17h.
Onde? Salão Internacional da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - ENSP/Fiocruz (Rua Leopoldo Bulhões, 1480/4º andar – Manguinhos – RJ).
Contato: Cooperação Social/ENSP - (21) 3977-2580 / 39772589, e-mail: cooperacaosocial@ensp.fiocruz.br 

Campanha de doação de livros para o Museu da Vida

Para os amantes de uma boa contação de histórias, da leitura de livros - clássicos ou não - e para aqueles que não sabem o que fazer com seus livros e deseja compartilhá-los com outras pessoas temos um recado bacana: o Museu da Vida da Fiocruz está aceitando doação de livros.

É que o Museu da Vida está participando da Paixão de Ler, semana de incentivo à leitura, que vai dos dias 6 e 10 de novembro. Uma das atividades oferecidas durante essa semana será o troca-troca de livros. Serão recebidos grupos escolares e o público em geral e, para que os visitantes possam trocar os seus livros, doações são bem-vindas.

A entrega de livrinhos de histórias infantis ou de literatura para adultosocorre do dia 5 ao dia 10 de novembro, no Centro de Recepção do Museu da Vida (Estação do Trenzinho), das 8h às 17h.

Colabore com essa atividade. “A leitura não pode parar!!!”

Mais informações pelo telefone 3865-2108 ou por e-mail: recepcaomv@coc.fiocruz.br

Palestra Higiene Alimentar e Bucal no Casa Viva


Contação de Histórias no Casa Viva


Escola de Música de Manguinhos apresenta o Primeiro Simpósio de Pesquisa


Acontece hoje, 31/10, às 14h, o Primeiro Simpósio de Pesquisa da Escola de Música de Manguinhos (EMM) na sala 413 da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e aberto à comunidade. A iniciativa é fruto da parceria entre o Espaço Casa Viva (Redeccap), a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Fundação Oswaldo Cruz e a ONG italiana Cesvi. O trabalho da Escola se destina a "oferecer aulas de música à comunidade de Manguinhos, visando à formação e/ ou pré-profissionalização de seus alunos e à sua transformação pessoal e social".

Proporcionar um espaço de reflexão, por meio da apresentação de pesquisas realizadas na Escola de Música de Manguinhos é o objetivo deste Simpósio de Pesquisa, onde serão apresentadas sete pesquisas realizadas por alunos e professores da UFRJ e do Colégio de Aplicação da mesma universidade. Os trabalhos resultam de teses de doutorado, pesquisas de avaliação da EMM, filmagens das aulas que deram origem à um relatório sobre a Escola e monografia, entre outros. 

Serviço:
Primeiro Simpósio de Pesquisa da Escola de Música de Manguinhos
Dia: 31/10/2012
Horário: 14h
Local: Ensp, sala 413 (Rua Leopoldo Bulhões, 1480 - Manguinhos)

Sobre a Escola de Música de Manguinhos
A Escola funciona no Espaço Casa Viva Redeccap na Rua Capitão Bragança, 142 – Manguinhos.
Conheça o Projeto Casa Viva: www.redeccap.org.br/blogcasaviva

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Orquestra de Sopros homenageia Gilberto Gil na Biblioteca Parque de Manguinhos


O Cineteatro da Biblioteca Parque de Manguinhos apresenta no dia sábado, 10 de novembro, às 19h, um espetáculo que homenageia Gilberto Gil. Trata-se do espetáculo Ituaçu com a Orquestra de Sopros e os Flautistas da Proarte.

Na véspera do espetáculo, dia 9, sexta-feira, será feita uma oficina com os músicos para jovens e crianças. Os interessados em participar devem procurar a nossa equipe de produção (tel: 2334.8915 - programacao@bibliotecademanguinhos.rj.gov.br - falar com Ivete, Maura, Carina ou Mozileide).

A entrada é franca e os lugares são limitados. São 218 lugares, com distribuição de senha 30 minutos antes do espetáculo, que é imperdível!


"Ituaçu Gilberto Gil"

Dia 10 de Novembro, Sábado, 19 horas, na Biblioteca Parque Manguinhos 

ITUAÇU é uma pequena e acolhedora cidade do sertão da Bahia, com pracinhas e um casario rústico e colorido. Foi lá, entre procissões, violeiros, bandas de pifes e festas populares, que o menino Gil se fascinou pela música e começou a cantar e tocar acordeão, há quase 70 anos!

Sonhador, ele dizia: “quando crescer quero ser musgueiro”.

Com Ituaçu, os jovens dos Flautistas da Pro Arte - musgueiros de hoje, do Rio de Janeiro - prestam homenagem aos 70 anos do genial baiano Gilberto Gil com um espetáculo que apresenta uma coleção de suas obras mais significativas.



Ações em defesa da Saúde Pública e Estatal no RJ

O combate à privatização da saúde (OS, EBSERH, Fundação, planos de saúde, inserção do capital estrangeiro, etc.) é uma luta que deve ser de toda a sociedade brasileira, independente se detentores de poder aquisitivo ou não. A organização é fundamental, para evitar impunidades criminosas que impedem o uso adequado do dinheiro público.

E, às 10h, um Ato Público em Defesa da Saúde Pública e Estatal na Cinelândia.

Às 18h, haverá reunião do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, às 18h, na Uerj, no 9º andar, Bloco D, Auditório B.

Pauta:

. Fundação Estatal nos hospitais estaduais,
. EBSERH,
. Compra da Amil por empresa estrangeira,
. Luta contra a internação compulsória de usuários de crack no município,
. Informes.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Guerreiros da Vida Real: Do Alemão


 Dois conselheiros de saúde do Conselho Gestor Intersetorial do Teias-Escola Manguinhos provaram que estão antenados com a produção cultural que valorize os moradores de bairros próximos à Manguinhos. Alex e Norma convidaram a equipe do blog Participação Cidadã para registrar a mostra fotográfica "Guerreiros da Vida Real", instalada na estação Bonsucesso/TIM, que faz a integração entre o Teleférico do Alemão e o trem. O trabalho é organizado pela Globo em parceria com a SuperVia, com encerramento dia 12 de novembro.

A mostra é composta por 25 fotos de moradores dos Complexos do Alemão e da Penha, cujo destaque é de serem personagens comuns que tentam resgatar e transformar a comunidade. Estes, em alguma medida, serviram como fonte de inspiração para a novela Salve Jorge, da TV Globo.  

As fotografias dos anônimos heróis do Novo Alemão – alguns dos quais terão suas histórias retratadas na nova trama global – com entrada é gratuita.

Destaques:

Luiz Carlos Nascimento: "Tem talentos aqui dentro e nosso objetivo é revela esses talentos. Na verdade, todos somos guerreiros aqui." Ele é o responsável. pelo  projeto que funciona como canal de comunicação para comunidade e fornece cursos de qualificação de áudio, vídeo, informática.

Irene Jovinária: "Tudo eu planejo. Não mergulho a cabeça. Eu penso e calculo para não cair. Já caí e levantei. Por isso, hoje me sinto com mais confiança e equilíbrio."

Os belos cliques foram feitos por Alex Carvalho, Estevam Avellar, João Cotta, João Miguel Junior, Zé Paulo Cardeal, Raphael Dias e Renato Rocha Miranda.

A curadoria ficou por conta de Jac Carrara.


Fórum Estadual das ONGs contra Tuberculose


No próximo dia 8 de novembro, das 10h às 13h, o Fórum Estadual das ONGs na Luta contra a Tuberculose no Rio de Janeiro fará uma reunião ordinária, no auditório da Federação de Bandeirantes do Brasil, na Av. Marechal Câmara, 186/5º andar - Centro.

A pauta consiste na Evento “Mobilização pelo fim da tuberculose no Brasil”! Frente Parlamentar de Tuberculose,  Câmara dos Deputados – Brasília; e na reunião ampliada do Ministério da Saúde, Departameto de DST/Aids/Hepatites Virais, com os movimentos sociais CAMS, CNAIDS, CAPDA.

Escola de Música de Manguinhos realiza Primeiro Simpósio de Pesquisa

A Escola de Música de Manguinhos (EMM) convida toda a comunidade Fiocruz para participar do Primeiro Simpósio de Pesquisa da EMM, que será realizado no dia 31 de outubro. Criada na favela e fruto da parceria entre o Espaço Casa Viva (Redeccap), a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Fundação Oswaldo Cruz e a ONG italiana Cesvi, o trabalho da Escola se destina a "oferecer aulas de música à comunidade de Manguinhos, visando à formação e/ ou pré-profissionalização de seus alunos e à sua transformação pessoal e social".

O objetivo deste Primeiro Simpósio de Pesquisa é proporcionar um espaço de reflexão, por meio da apresentação de pesquisas realizadas na Escola de Música de Manguinhos. No evento serão apresentadas sete pesquisas realizadas por alunos e professores da UFRJ e do Colégio de Aplicação da mesma universidade. Os trabalhos resultam de teses de doutorado, pesquisas de avaliação da EMM, filmagens das aulas que deram origem à um relatório sobre a Escola e monografia, entre outros. 

Serviço:
Primeiro Simpósio de Pesquisa da Escola de Música de Manguinhos
Dia: 31/10/2012
Horário: 14h
Local: Ensp, sala 413

Sobre a Escola de Música de Manguinhos
A Escola funciona no Espaço Casa Viva Redeccap na Rua Capitão Bragança, 142 – Manguinhos.
Conheça o Projeto Casa Viva: www.redeccap.org.br/blogcasaviva


domingo, 28 de outubro de 2012

Oportunidade de trabalho: Pesquisador Ciências Humanas

A ONG Justiça Global abriu edital de seleção para pesquisador da área de Ciências Humanas e/ou Ciências Sociais Aplicadas. 
A seleção visa à contratação de profissionais para a área de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais. Os currículos podem ser enviados até o dia 04 de Novembro.
Posição: Pesquisador (a) na área de ciências humanas e/ou ciências sociais aplicadas
Número de Vagas: 2 (duas)
Local: Rio de Janeiro, Capital
Currículo: até 04 de novembro
Início das atividades: Imediato
Carga horária: 40 horas/semana
Salário: compatível com a função
Justiça Global desenvolve trabalho nas áreas de Defensoria de Direitos Humanos, Violência Institucional e Segurança Pública, Acesso à Justiça e Direitos Econômicos Culturais e Sociais (DESC).
Perfil: Experiência e perfil para o trabalho sobre os temas prioritários de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais. 
Principais Temas: Direito à Terra e ao Território, Comunidades Quilombolas, Pescadores, Trabalhadores Rurais, Atingidos por Barragens, Comunidades Indígenas, Políticas de Titulação de Terras e de Reforma Agrária, Violações cometidas por Empresas, Impactos Sociais e Ambientais de Grandes Empreendimentos.
Funções: 
• Documentação de violações de Direitos Humanos;
• Elaboração de pesquisas e relatórios;
• Análise de dados;
• Redação de documentos;
• Articular trabalho em rede;
• Encaminhamento de denúncias aos mecanismos nacionais e internacionais de proteção dos direitos humanos;
• Realização de trabalho de campo (missões in loco);
• Interlocução com autoridades e com poder público;
• Interlocução com movimentos sociais, populares e organizações não governamentais;
• Acompanhamento de políticas públicas na área de Direitos Humanos.
Requisitos para a Função
• Experiência profissional na área;
• Morar no Rio de Janeiro;
• Disponibilidade para viagem nacional e internacional;
• Interesse na área de promoção e proteção dos direitos humanos;
• Interesse em trabalhar com movimentos sociais e organizações não governamentais;
• Capacidade para trabalhar em equipe;
• Fluência escrita e oral na língua portuguesa;
• Preferencial o domínio de outro idioma (inglês, espanhol);
• Capacidade para organizar e ministrar oficinas de formação;
• Capacidade para organizar seminários e reuniões nacionais e internacionais;
• Disponibilidade imediata;
• Disponibilidade em executar tarefas mais amplas do que as descritas acima quando necessário.
Inscrições
Até 04 de novembro de 2012, através do e-mail contato@global.org.br, ASSUNTO: “Processo Seleção Pesquisador”, a documentação a seguir especificada:
a) currículo
b) carta de apresentação de uma a duas laudas, demonstrando sua condição para assumir a posição
c) apresentação de duas referências para serem contatadas pela equipe de seleção, caso necessário
Seleção
• 05 a 09 de novembro: Análise de Currículo/ Carta de Apresentação
• 13 e 14 de novembro: Entrevista
Resultado final: 21 de Novembro de 2012

sábado, 27 de outubro de 2012

Inscrições para Bolsa Atleta até 17 de novembro

Bolsa-Atleta oferece até R$ 3.100 mensais para esportistas de categorias olímpicas e paralímpicas

O Ministério do Esporte abriu, 19/10, as inscrições para o Programa Bolsa-Atleta, voltado para as modalidades que compõem o programa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Podem se inscrever homens e mulheres que sejam esportistas e estejam em plena atividade. 

As bolsas vão de R$ 370 a R$ 3.100.
Para o exercício de 2012, a Bolsa-Atleta tem cinco categorias: 
- olímpica/paralímpica (R$ 3.100); 
- internacional (R$ 1.850); nacional (R$ 925); 
- estudantil (R$ 370); e, 
- de base (R$ 370). 

O programa tem duração de um ano e os valores são concedidos mensalmente. 
O objetivo do programa é investir prioritariamente nos esportes olímpicos e paralímpicos para formar, manter e renovar periodicamente gerações de atletas com potencial para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. 

Para se candidatar a uma das bolsas, é preciso preencher alguns pré-requisitos para cada categoria. Clique aqui para conhecê-los. 
As inscrições devem ser feitas pelo portal do Ministério do Esporte até o dia 17 de novembro. 

Participação feminina

2011 - das 4.243 atletas, 41% (1.744) foram beneficiadas receberam bolsa. 
2010 - a participação feminina foi de 38%, houve um aumento de 3%. 
2005 - criação do programa: as esportistas foram 35% do total dos contemplados.

“O Ministério do Esporte, que tem se preocupado com a equidade de gênero em seus programas, tem por meta atender 100% das e dos atletas nas modalidades dos programas olímpico e paralímpico e dos programas pan e parapan-americanos”, afirma a coordenadora-geral de Esporte e Lazer da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Beatriz Helena Matté Gregor. 

A Coordenação-Geral de Esporte e Lazer da SPM quer estimular a ampliação do número de mulheres contempladas pelo Programa Bolsa-Atleta. Por isso, considera fundamental assegurar outros investimentos públicos para aumentar a participação das mulheres no esporte e lazer, incluindo, entre outras ações, o apoio às atletas e organizações desportivas, fortalecendo a valorização e profissionalização das mulheres. 

Brasil Medalhas: Bolsa-Pódio e Bolsa-Técnico 

Em setembro, a presidenta Dilma Rousseff  lançou o Plano Brasil Medalhas 2016, que prevê colocar o Brasil entre os 10 primeiros países nos Jogos Olímpicos e entre os cinco primeiros nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. 

A vertente “apoio ao atleta” institui o Programa Pódio, que inclui a Bolsa-Pódio e cria a Bolsa-Técnico, que pagarão, respectivamente, até R$ 15 mil e até R$ 10 mil mensais. 

Os beneficiados do Pódio serão atletas de modalidades individuais que, entre outros critérios, estejam situados entre os 20 melhores do ranking mundial, além de seus treinadores e equipe multidisciplinar (preparador físico, nutricionista, atleta-guia). 

Quando abertos, os editais para obter a Bolsa-Pódio e a Bolsa-Técnico serão amplamente divulgados.   Fonte:SPM

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Oportunidade de Trabalho: Biblioteca Parque de Manguinhos


Inscrições abertas para o III Festival IESB de Cinema Universitário


Estudantes universitários de todo o país, que tenham obra audiovisual realizada entre 2010 e 2012, poderão inscrever-se gratuitamente até o dia 30 de outubro de 2012.
O Festival IESB de Cinema Universitário valoriza e difunde a produção audiovisual realizada por estudantes universitários do Brasil, além de promover um espaço de interação, troca e estímulo à produção audiovisual. 
III Festival IESB de Cinema Universitário
Data: de 07 a 09 de novembro de 2012
Inscrição gratuita: até o dia 30 de outubro de 2012
Regulamento e fichas de inscrição: https://www.facebook.com /festivaliesb

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Oportunidade de Trabalho: no Curso de Atualização em Controle da Tuberculose

O curso Atualização em Controle da Tuberculose seleciona profissionais para a Oficina de Revisão da 6ª Edição do Livro de Integração Ensino e Serviço. Há vagas para profissionais com níveis superior e médio para atuação em quatro disciplinas. A carga horária é de 16 horas. O processo seletivo está de acordo com a Instrução Normativa nº 03 VDDIG/ENSP.

Disciplinas com vagas:

- Contextualização à Saúde: Marcos Teóricos e Perspectivas: Panorama da Saúde no Mundo e no Brasil; Politicas de Saúde; Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT)

- Etiopatogenia e Diagnóstico da Tuberculose

- O Tratamento e a Prevenção contra a Tuberculose

- A Tuberculose: Um Problema de Todos

Hora aula: R$ 80,00
Carga horária: 16 horas
Experiência profissional compatível com a aula a ser ministrada.

Cadastro do proponente no SICAF (Sistema de Cadastro Unificado de Fornecedores) do MPOG – Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão.

O currículo deve ser enviado para a Chefia do Serviço de Ensino e Pesquisa pelo email jepramos@ensp.fiocruz.br até 30/10/2012.

Encontro UPP Social - Rocinha

Imagem inline 1
O Instituto Pereira Passos promoveu, no último dia 19 de outubro, o "Encontro UPP Social - Rocinha, em sua sede em Laranjeiras.

O encontro dá sequência aos debates envolvendo ações conjuntas entre instituições (públicas e privadas) e a sociedade civil tendo como foco o  plano de desenvolvimento de favelas áreas de UPP. 

A equipe da UPP Social abordou os pontos focais do Programa nas secretarias municipais, assim como nos órgãos do governo do estado, com o objetivo de preparar o Fórum UPP Social da Rocinha. 

O Fórum oficializa a atuação do Programa no território e reúne lideranças comunitárias,  ONGs e outras instituições locais, assim como representantes da UPP e de órgãos de várias esferas de governo para um diálogo aberto, em que os moradores expressam suas expectativas e os gestores públicos apresentam planos de ações imediatas e futuras.

domingo, 21 de outubro de 2012

Depois do Jacarezinho, agora é a vez do BOPE se reunir com moradores de Manguinhos

Na segunda-feira, 21 de outubro, às 10h, os moradores de Manguinhos se reúnem com o comando do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no CIEP Juscelino Kubitschek, na Rua Leopoldo Bulhões, 952. Este é o segundo encontro promovido pelos "caveiras" após a "ocupação", a primeira reunião aconteceu na última sexta-feira (19) na quadra da Escola de Samba do Jacarezinho, com a presença de cerca 400 pessoas.

É possível que no segundo momento, as falas oficiais se repitam, já que o objetivo do encontro foi apresentar os procedimentos dos policiais durante a ocupação, como a revista de suspeitos e a busca em residências. Mas como cada caso é um caso, pode ser que tenhamos mais explicações, mais questionamentos, mais respostas eficazes que atendam as perguntas de forma objetiva. Pois, no Jacarezinho, o tenente coronel René Alonso, comandante do Bope, deu explicações sobre as ações dos policiais que parecem descoladas de uma realidade factual, não anunciada aos quatro ventos, mas com relatos emudecidos pelo medo. 

Para ele, Manguinhos e Jacarezinho eram bairros, e por isso devem se submeter à legislação pertinente aos bairros. 

Da fala oficial, tem-se: 

Festas públicas - "existe um protocolo a ser seguido para uma manifestação pública. No domingo, por exemplo, os eventos devem acabar às 22h, pois as pessoas têm que trabalhar ou estudar na segunda-feira".

Toque de recolher - o comandante foi enfático ao afirmar que tal impedimento não existe. 

Revista residencial - O morador tem o direito de não deixar os policiais entrarem em suas residências sem sua autorização: mas terá que explicar o porquê do impedimento. Respeito ao morador que estivesse ausente sem que sua casa fosse violada, foi o pedido de uma moradora, que deixassem um recado solicitando a presença do residente. Dever de  casa: vamos avaliar e a família deve deixar a chave de sua casa com um vizinho.

Transporte alternativo, moto-táxiSerão fiscalizados: documentação em dia e se o condutor usa o equipamento exigido pelas leis de trânsito.

Abuso de autoridade -  Foram dadas orientações sobre como poderiam denunciar possíveis abusos de seus policiais.

Furtos - Orientações didáticas: "trancar as portas e janelas, é assim que eu faço na minha casa"; e, verificar se realmente foi um PM: "há casos em que o próprio vizinho usa uma roupa parecida com a do Bope para cometer atos ilícitos". 

Ao final da apresentação o comandante do Bope deixou dois números telefônicos (8081-3434 - 24 horas; e 2334-3983; e 2253-1177 do Disque Denúncia) para que a população possa fazer contato em caso de necessidade ou para solicitar esclarecimentos. Durante o evento, foi distribuída uma cartilha de informações sobre as ações do Bope.

Bom, vejamos na segunda-feira, teremos outros questionamentos, se o tom "cordial" será mantido, se as respostas serão satisfatórias e se as mudanças comportamentais concorrerão para uma relação mais amistosa.

Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes com Doenças Crônicas e Deficiências


Dia 23 de outubro, terça-feira, das 9h às 13h, a Fundação Oswaldo Cruz realiza o III Fórum Ampliado sobre Políticas Públicas de Promoção da Saúde de Crianças e Adolescentes com Doenças Crônicas e Deficiências e Suas Famílias, no auditório Centro de Estudos do Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), na Avenida Rui Barbosa, 716 – Flamengo.

Entre os principais objetivos do Fórum estão a sensibilização dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário para as questões de saúde específicas das crianças e adolescentes que vivem com doenças crônicas e/ou deficiências associadas; e a articulação da rede de apoio sócio-assistencial para a construção e otimização das Políticas Públicas existentes, bem como regulamentações de Leis Ordinárias de defesa de direitos.

Segundo a coordenação do evento, é de fundamental importância que as unidades federais de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, da ALERJ, do Ministério Público, além de profissionais de diversas categorias que atuam em unidades de saúde de todo o Estado do Rio de Janeiro, voluntários e familiares de pacientes, enviem seus representantes, pois cada setor pode e deve contribuir nos debates acerca de políticas públicas de promoção da saúde e garantia dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes.

Mais informações: Comissão Organizadora do  III Fórum Ampliado sobre Políticas Públicas de Promoção da Saúde de Crianças e Adolescentes com Doenças Crônicas e Deficiências e Suas Famílias através do telefone (21) 2554-1864  ou pelo email mariana@iff.fiocruz.br


Programação 


Mesa de Abertura: 09:00 às 09:40 horas
Paulo Gadelha – Presidente da Fiocruz
Valcler Rangel – Vice-Presidente de Ambiente e Promoção à Saúde da Fiocruz
Carlos Maciel – Diretor do IFF/Fiocruz
Eduardo Novaes – Vice-Diretor de Atenção à Saúde do IFF/Fiocruz
Antônio Flávio Meirelles – Chefe do Departamento de Pediatria do IFF/Fiocruz
Mariana Setúbal – Representante da Comissão Organizadora do III Fórum Ampliado

1º mesa: Retomando o histórico dos Fóruns anteriores – 09:40 às 10:00 horas
Martha Moreira – Coordenadora do Saúde Brincar do IFF/Fiocruz

2º mesa: Agenda de Compromissos: Políticas de Promoção da Saúde de Crianças e Adolescentes com Doenças Crônicas – 10:00 às 11:30 horas
Comissão de D.Humanos e Minorias da Câmara Federal – Deputado Jean Wyllys
Comissão de Cidadania e Justiça da Câmara Federal – Deputado Alessandro Molón
Frente Parlamentar da Pessoa com Deficiência – Deputado Romário
Comissão de Assuntos da Criança e Adolescente da ALERJ – Deputada Claise Zito
Comissão de Habitação e Moradia da Câmara dos Vereadores – Vereador Reimont
Comissão de Saúde Pública da Câmara dos Vereadores – Vereador Paulo Pinheiro

Coordenação da Mesa: Madalena Oliveira (NAPEC/IFF)
Relatoria – Mariana Setúbal (Serviço Social do IFF/Fiocruz)
       Martha Moreira (Saúde Brincar do IFF/Fiocruz)
                   Roseli Rocha (Serviço Social do IFF/Fiocruz)
                       
Debate: 11:30 às 12:30 horas

Avaliação do III Fórum e Encerramento.


Serviço:
O quê?  III Fórum Ampliado sobre Políticas Públicas de Promoção da Saúde de Crianças e Adolescentes com Doenças Crônicas e Deficiências e Suas Famílias
Quando? 23/10/2012, das 9h às 13h
Onde? Auditório Centro de Estudos do Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), na Avenida Rui Barbosa, 716 – Flamengo.
Contato? (21) 2554-1864  ou pelo email mariana@iff.fiocruz.br

Flashes da Feira de Manguinhos - Diálogos

Troca de dicas sobre decoração?! E porque não?
Polifonia...vários sons, várias bocas, tudo ao mesmo tempo...
Mônica e d.Jane

Roda de Conversa com Mulheres na Sala Meu
Bairro da Biblioteca Parque de Manguinhos





Flashes da Feira de Manguinhos - Criançada








Flashes da Feira de Manguinhos - Parceiros

Começo de tudo: a montagem do cenário
Ivete Miloski  mostra as dependências da Biblioteca Parque de
Manguinhos para Paulo Gadelha, presidente da Fiocruz, e Leonídio
Madureira (Cooperação Social da Presidência)
Cleber Vicente (Arco Íris/projeto Entre Garotos, Entre Garotas) e
Leonídio Madureira (Cooperação Social da Presidência da Fiocruz)


A turma do ECOSOL expôs seus trabalhos, por sinal, lindos
A turma que chega junto...





Registrando o registro
Artesã do ECOSOL com sua produção de primeira

Farmácia Popular 

O pesquisador, palhaço e músico Matraca anima a garotada