sexta-feira, 31 de maio de 2013

Autorizado concurso para Ensino Médio e Superior para a Palmares

O Ministério do Planejamento autorizou, no último dia 29 de maio, que a abertura de concurso público para preenchimento de 11 (onze) vagas de níveis médio e superior para a Fundação Cultural Palmares (FCP), ligada ao Ministério da Cultura. A FCP tem até seis meses para publicar o edital, ou seja, até 29 de novembro.
A expectativa, no entanto, é de que o documento seja liberado bem antes deste prazo. Os salários ainda não foram informados pela FCP, o que deverá ocorrer em breve. O próximo passo agora será definir a organizadora da seleção. A FCP tem sede em Brasília.
Fonte: Folha Dirigida

Mobilização para Eleição do Conselho Gestor do CSEGSF


quinta-feira, 30 de maio de 2013

In Drama com Zelia Duncan na Casa França-Brasil: de graça


Oportunidade de Trabalho: Bolsista Ensino Médio

O Laboratório Territorial de Manguinhos/ENSP/Fiocruz está selecionando jovem bolsista com Ensino Médio completo, morador ou que conheça bem o território de Manguinhos, para participar de projeto sobre os impactos do PAC na perspectiva dos moradores de Manguinhos, Alemão e Rocinha. 

O prazo para envio do currículo para fabianamelosousa@gmail.com até o dia 10 de junho próximo. 

No Alemão e na Rocinha contamos com a colaboração do Alan e do Raphael, do Raízes em Movimento e do Arley e Camila da TV Tagarela, respectivamente, que irão compondo as equipes de campo junto com os pesquisadores do LTM. 

A bolsa do CNPq é no valor de R$ 400,00 por 20h semanais para o período de julho de 2013 a junho de 2014. 

As atividades estarão centradas nas reuniões de equipe, no trabalho de campo e mobilização de moradores para participar de oficinas sobre os impactos do PAC na moradia, saneamento e mobilidade em Manguinhos. 

Em construção seminário sobre o "Juventude Viva" para gestores do DF

Marcus Vinícius Soares, Lia Maria dos Santos, Alessandra Melo,
Jackeline Brito, Andressa Marques e Daniel Garcia.
Organizar o Seminário de Governo, que vai acontecer em 30 de junho, foi o objetivo da reunião de articulação entre a Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal – SEPIR-DF, a Coordenadoria da Juventude – DF e o Ministério da Saúde, realizada ontem, 29 de maio, no Departamento de Apoio à Gestão Estratégica e Participativa DAGEP do Ministério da Saúde.

A proposta do seminário é a apresentação Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra - “Plano Juventude Viva” para gestores das secretarias do Governo do Distrito Federal.

Participaram da reunião, que tratou de questões acerca da natureza do evento e sua logística, Andressa Marques (SNJ/SG), Jackeline Brito, Alessandra de Melo e Daniel Garcia (SEPIR-DF), Marcus Vinícius Soares (SEGOV/Coordenadoria da Juventude-DF) e Lia Maria (MS/SGEP).

Participação social: novo curso fortalece atores para processos decisórios em saúde

A ENSP lançou o Curso Nacional de Ativação para o Desenvolvimento da Prática do Controle Social no SUS, que conta com ferramentas inéditas. Além do material didático básico, foi desenvolvida a minissérie televisiva Saúde em cena, que retrata o cotidiano de um conselho municipal de saúde. Dividida em 12 capítulos, a produção está disponível em acesso aberto. Em breve, o material escrito também estará on-line. 

Fruto de um intenso trabalho de cooperação entre a ENSP e a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (Segep), do Ministério da Saúde, o curso, oferecido na modalidade a distância, integra o Programa de Apoio à Política Nacional de Educação Permanente para o Controle Social do SUS (QualiConselhos). Com 8 mil vagas abertas, é voltado para conselheiros municipais de saúde de todo o Brasil e responde a uma demanda da Segep.
 
Desenvolvido por meio de parceria entre o Departamento de Ciências Sociais da ENSP, o Canal Saúde da Fiocruz, a Segep e a Vice-Direção de Cooperação e Escola de Governo da Escola (VDCEGS), que também coordena a iniciativa, o curso conta com o apoio da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública. Os pesquisadores Assis Mafort, Luiz Fernando Mazzei e Pablo Dias Fortes, da VDCEGS/ENSP, e Marcelo Rasga Moreira, do DCS/ENSP, são os responsáveis pela formulação político-pedagógica do curso e a organização do material elaborado.

Com tal iniciativa, a ENSP e a Fiocruz dão continuidade a seu compromisso incondicional de apoio e desenvolvimento da participação social no processo decisório das políticas de saúde. Desse modo, intensificam o esforço pela democratização do Estado e das políticas públicas das quais participam.  

Confira aqui a íntegra da matéria.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Relatório da Anistia Internacional trata da Copa das Remoções Forçadas

Matéria da Veja trata de relatório anual da Anistia Internacional sobre o crescente número de famílias removidas para locais dominados por milícias no Rio. O documento também aponta aumento de homicídios em SP, o que não é diferente também de Rio de Janeiro e Alagoas - por sinal estados em que foram assinados protocolos para a implantação do Plano de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra. 

Mas voltando a matéria, no relatório anual sobre a situação dos direitos humanos no mundo, a Anistia Internacional chama a atenção para as “remoções forçadas” de moradores de favelas, especialmente no Rio de Janeiro, para a realização de obras de infraestrutura da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016

Destaques:

1. Moradores não foram informados devidamente pelos governos sobre as consequências das obras. “As autoridades tampouco estabeleceram um processo genuíno de negociação com as comunidades para estudar alternativas à remoção e, quando necessário, para oferecer a devida indenização compensatória ou moradias alternativas adequadas na mesma área”. 

2. Famílias removidas – lugares distantes, moradias inadequadas, ameaçados por milícias, muitas famílias – com medo – deixaram os imóveis.Exemplo: Morro da Providência (formada a partir de 1897). Em 2010, a prefeitura do Rio anunciou a intenção de remover 800 dos 2.000 barracos naquela região portuária. 140 casas foram demolidas e as famílias reassentadas na Zona Oeste do Rio, áreas de milicianos - Cosmos, Realengo e Campo.

3. Comitê Popular da Copa e Olimpíada, organização com movimentos sociais e ONGs - 3.099 famílias já foram removidas por causa de obras como a revitalização da região portuária carioca - novo Parque Olímpico e construção de linhas de transporte público. Mas, ainda sairão mais 7.843 famílias.

4. Secretaria de Habitação do Rio de Janeiro - reassentamentos “feitos com total transparência e diálogo com a população”. “Tanto é assim, que não foi registrada qualquer ocorrência policial de remoção forçada em qualquer das ações da Prefeitura do Rio”. No Morro da Providência, foram “reassentadas” 196 famílias. Entretanto, 671 famílias serão removidas. Eles “terão direito a se mudar para imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida, que estão sendo construídos no entorno do morro, para que possam continuar vivendo na área onde mantêm suas relações sociais e culturais”.

Leia o texto completo clicando abaixo

Eleição para o Conselho Gestor do Centro de Saúde CSEGSF



terça-feira, 28 de maio de 2013

ONGs de Juventude e Negra escolhem conselheiro e suplente para Conselho Gestor Municipal de Maceió

Maceió, AL, sedia amanhã, 29 de maio, às 9h, a 1ª Assembleia das Organizações Não Governamentais do Movimento Social da Juventude e do Movimento Social Negro. O objetivo deste encontro é a escolha de um representante titular e um suplente para compor o  Comitê Gestor Municipal do Plano Juventude Viva daquele município.

De acordo com o edital de convocação de nº 001/2013, a assembleia acontece no auditório da Municipal de Ação Cultural – FMAC, situada na Avenida da Paz 900 – Jaraguá – Maceió – AL.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

VI Encontro Nacional da Rede Mocambos na Casa de Cultura Tainã.

A articuladora regional do Plano Juventude Viva/BA, Sayonara Malta, enviou uma dica super interessante de como a sociedade civil está lidando com a comunicação, com a construção e divulgação dos saberes e mobilizações sociais por este grande Brasil. 

Trata-se da Rede Mocambos, que faz um importante trabalho na desconstrução do racismo e de valorização dos saberes das comunidades tradicionais. "Estamos compartilhando este importante evento construído, cuja área de tecnologia da Rede é pautada em software livre, como estratégia e como política", disse a articuladora da Rede Nacional Juventude Viva da Bahia, Sayonara Malta. Mais informações sobre o evento podem ser acessadas no blog http://casadoboneco.blogspot.com.br/2013/05/vi-encontro-nacional-da-rede-mocambos.html

O VI Encontro Nacional da Rede Mocambos na Casa de Cultura Tainã foi realizado entre os dias 27 de maio e 03 de junho de 2013, em Campinas, SP. Ao evento foram representações de oito estados - São Paulo, Bahia, Pará, Amapá, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Maranhão. Foram griôs da cultura negra, quilombolas, colaboradores diversos e integrantes dos Núcleos de Formação Continuada da Rede, como a Casa do Boneco, que integra a rede desde 2008. 

O evento deu início aos encontros do Projeto Núcleos de Formação e Comunicação Quilombola, espaço de desenvolvimento de um conjunto de oficinas e debates para efetivação de ações através de uma rede de produção, que irá organizar e difundir conteúdos históricos, artísticos, culturais, técnicos e linguísticos, produzidos por comunidades tradicionais por meio da comunicação comunitária.

A Rede Mocambos, ao acumular uma trajetória de quase uma década de articulação negra e quilombola, traz em suas experiências para o contexto atual de seus encontros, no campo da cultura negra e de pesquisa e desenvolvimento em cultura digital, a possibilidade de estruturação de acervos digitais a partir de servidores de baixo custo. Esses servidores deverão permitir a criação, organização e difusão de conteúdos de saberes ancestrais em comunidades com ou sem acesso à Internet, através de textos, das artes e do áudio visual.

Essa é uma estratégia para intervir no cenário preocupante de desmantelamento dos saberes afro comunitários, como reflexo de um contexto que associa uma história de invisibilização e opressão pautada no "supremacismo branco" com as eficazes articulações entre capitalismo, racismo e dominação dos meios de comunicação pelas elites.

Conhecendo Manguinhos

Hoje, segunda-feira, 27, estudantes de arquitetura participam de uma caminhada para conhecer Manguinhos. Esta iniciativa saudável é uma afirmativa de valorização do território promovida pelo Teias-Escola Manguinhos.

O passeio turístico/temático é fruto da parceria entre o Teias e o Coletivo de Integração dos Artistas da Grande Benfica (CIAB). Os 40 estudantes de arquitetura da Universidade Federal de Santa Catarina, conhecerão os equipamentos dentro do território. O ponto de encontro será em frente à Clínica da Família Victor Valla (CFVV) às 9 horas.

A ideia é percorrer os equipamentos sociais, as obras do PAC - as habitações (construção e demolição), vias públicas, o transporte e a Capela São Daniel, construída no final da década de 50, século XX, e inaugurada em 1960 com a presença de Juscelino Kubitschek. A Capela possui 14 quadros da Via Sacra pintados por Guignard. A igreja é um dos primeiros projetos de Oscar Niemeyer em uma favela, embora o arquiteto não tenha incluído essa construção em seu livro Igrejas de Oscar Niemeyer", lançado em agosto de 2011 pela Editora Nosso Caminho.
Esta caminhada integra o projeto do Teias Conhecendo Manguinhos, cujo objetivo é a promoção e a valorização do lugar e fortalecer o orgulho de morar em Manguinhos, implicando as práticas da comunidade – sua culinária, suas danças, suas crenças e atividades esportivas, contribuindo com um novo olhar de e para este território para que impulsione um viver com melhor qualidade.
Vivenciar o território é uma afirmação da identidade cultural. É criar um elo, um vínculo, despertar a noção de pertencimento. Convidamos a todos para essa iniciativa saudável e afirmativa. Outras caminhadas estão previstas; fiquem atentos a divulgação no Portal Teias.

Fonte: http://andromeda.ensp.fiocruz.br/teias/node/324

domingo, 26 de maio de 2013

Oportunidade de Estágio: jornalismo

Assessoria de Comunicação – Fundação Casa de Rui Barbosa / MinC
Curso: Comunicação Social – Jornalismo/UFRJ
Período: a partir do 4º
Número de vagas: 1
Horário: 14 às 18h
Remuneração: R$ 364,00 + vale transporte
Pré-requisitos: excelente redação; domínio do pacote Office; Photoshop; domínio de mídias sociais e fotografia com máquina digital. 
Interessados devem enviar CV para o e-mail comunica@rb.gov.br

Oportunidade de Trabalho: Estágio em Jornalismo

A Sociedade Brasileira Pró-Inovação Tecnológica (Protec) busca estagiário(a) de jornalismo para auxiliar na produção e edição de notícias para o Portal da empresa; newsletters; e publicações institucionais (revistas e estudos setoriais). Irá atuar com temas ligados a política econômica industrial e saúde.

* Local: Rio de Janeiro - Centro – Castelo
* Carga horária: 5 horas/diárias (Segunda à Sexta)
* Horário: a combinar (preferencialmente manhã, mas pode ser flexível)
* Bolsa auxílio: R$ 500,00 + VT + VR;
* Entre o 3º e 6º período;
* Bom texto final;
* Obs.: As entrevistas serão realizadas ainda nesta semana.

Interessados dentro do perfil, por favor enviem o currículo Inbox e/ou para o e-mail: 
jessica@protec.org.br

sábado, 25 de maio de 2013

Projeto voltado à comunicação comunitária de Manguinhos


Valeu a pena esperar e apostar nas propostas do Conselho Comunitário de Manguinhos. As parcerias que vieram a partir das articulações deste conselho foram fundamentais para a criação deste curso.

A partir da missão de promoção do desenvolvimento da sociedade, a Unisuam e Fiocruz se uniram com o propósito de implantação de um novo projeto voltado para a comunicação na região de Manguinhos.
Tanto pela extensão do território e das divergências culturais entre cada comunidade que integra o bairro de Manguinhos, existe uma dificuldade de a informação chegar a todos, como foi o caso deste projeto, que teve sua divulgação feita no boca-a-boca, justamente pela falta de meios adequados de comunicação dentro da comunidade.
A turma é composta de 25 alunos, todos moradores de diversas localidades de Manguinhos – Mandela, Varginha, Amorim, Vila Maria, Ex-Combatentes, CHP2, etc.
O curso é composto de duas etapas num total de 24 encontros. Os alunos terão aulas teóricas e práticas – impressos, rádio, blogs, noções de publicidade, desenvolvimento de projetos gráficos e produção de vídeos.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Enfrentamento da Tuberculose e Aids no Estado do Rio de Janeiro.

Da esquerda p/direita são: Dra. Hellen Miyamoto, Subsecretária de Estado de Vigilância em Saúde SES/RJ;  Carlos Basilia, Fórum ONGs Tuberculose RJ; Observatório Tuberculose Brasil/ENSP; Secretário de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, Dr. Sérgio Côrtes;  Renato da Matta, Fórum ONGs Aids/RJ;  Dra. Mônica Morrissy Martins Almeida, Subsecretaria de Atenção à Saúde SES/RJ; Dr. Alexandre Chieppe, Superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental SES/RJ.

O Governo do Estado, junto com organizações da sociedade civil estão construindo o Seminário Estadual de Pactuação de um Plano Diretor de Combate à Tuberculose e Aids. Esta é uma das ações que tem como foco o Plano Emergencial de ações e metas a serem alcançadas até 2014.

Ainda não há data, o processo está, como dito acima, em construção. Carlos Basília, do Fórum ONGs Tuberculose RJ, do Observatório Tuberculose Brasil/ENSP e do Instituto Brasileiro de Inovações em saúde Social - IBISS, como sempre, municiará este blog com as informações e dados a respeito.

O evento estadual reunirá prefeitos, gestores da saúde, técnicos e representações da sociedade civil organizada da capital e de outros 32 municípios. O objetivo é traçar metas, definir recursos extras e responsabilidades para o combate da Tuberculose e Aids.

Estes e outros pontos foram discutidos em reunião de articulação ONGs Tuberculose/Aids com o Sérgio Côrtes, secretário de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, na primeira quinzena de maio.

Entre os temas debatidos estão: apoio político a causa TB/HIV/Aids no estado; Plano de Comunicação TB/Aids; gestão e cronograma de funcionamento dos hospitais Santa Maria e Ari Parreiras; Centros de Referências Aids e Tuberculose (coinfecção TB/HIV; TB/MR); mecanismos de monitoramento e avaliação das metas/indicadores do plano pactuado pela SES/RJ com os 32 municípios; sustentabilidade das ações desenvolvidas pelas OSC; e, visita as instalações e serviços de Aids do Hospital São Francisco. 

Cinemão faz tabelinha com CINEfoot !!!!!!!


quinta-feira, 23 de maio de 2013

Rede de Assistência Social e Defesa dos Direitos Humanos no Complexo de Manguinhos



Esta é a proposta que vem sendo discutida pelo Grupo Temático de Assistência Social e Direitos Humanos do Conselho Comunitário de Manguinhos.

O que se quer é estimular o desenvolvimento e a constituição de iniciativas e instituições locais; qualificar a atuação dos movimentos de base sócio-comunitária nos ambientes coletivos; incentivar a gestão participativa das políticas públicas, através dos processos de planejamento, execução, monitoramento e avaliação do programas e projetos.

A tarefa não é nada fácil, considerando-se que o Complexo de Manguinhos tem aproximadamente 40.000 moradores distribuídos entre as várias comunidades e conjuntos habitacionais. Além, entre outras tantas coisas negativas, estar entre os bairros de menor Índice de Desenvolvimento Social da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro - 122º lugar entre os 126 bairros cariocas.

É bom entender que esta classificação é condicionada pela formação histórica, econômica e social deste território. Portanto, mudar este quadro será possível a partir de uma ação que una os três aspectos apresentados acima, de modo positivo e sustentável, de acordo com as oportunidades da realidade atual e as potencialidades dos seus moradores.

É importante que haja participação das reuniões do Conselho Comunitário de Manguinhos para entender melhor do que está se tratando: apoio aos projetos que tratem de capacitação e formação de moradores com base na experiência das instituições parceiras e nos saberes locais – através de cursos, oficinas e seminários; incentivar e buscar a participação popular nos processos de planejamento, execução e avaliação das políticas e programas do território.

Em debate: Comunicação Comunitária - "Uma onda no ar"

Para quem batalha pela democratização da comunicação, pela comunicação comunitária, pela liberdade de expressão, pelo direito de falar de seu cotidiano... então agende o dia 25 de maio, sábado, para dar uma chegadinha no salão comunitário da Igreja dos Capuchinhos, na Tijuca (Rua Haddock Lobo, 266, Tijuca).

Trata-se de uma sessão pipoca seguida de debate, das 9h às 12h. O filme é o imperdível "Uma onda no ar" que trata da organização e das dificuldades para a manutenção de uma rádio comunitária em uma favela de Belo Horizonte.

No pedaço, para estimular a galerinha a abrir o verbo, nada melhor do que Tião Santos, da Viva Rio, um "cara que manda bem" sobre rádio comunitária. E, a outra personagem, é a nossa Joyce Enzler, jornalista do Teias - Escola Manguinhos, roteirista que já editou muitos documentários pela vida afora, inclusive para a Rede CCAP, de Manguinhos.

O evento, coordenado pelo professor João Marcus, é ligado ao Projeto de Extensão "Memória, e Cidadania: reflexões sobre Direitos Humanos e participação popular" desenvolvido pelo CDOC-ARREMOS/UNIRIO.

"Uma das atividades é a exibição e debate sobre filmes com os quais possamos refletir sobre a realidade brasileira. Discutiremos questões como cidadania, participação, exclusão, memória, informação e direitos", afiançou João Marcos. 

evento é pensado para estudantes do Ensino Médio, universitários, agentes populares e público em geral. Evento gratuito. Classificação etária 14 anos.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Vinte e cinco anos de VideoSaúde


A VideoSaúde – Distribuidora da Fiocruz comemorou na segunda-feira, 20 de maio, suas bodas de prata. 

Para marcar a data, haverá palestra da consultora da Cooperação Técnica Fiocruz-Conass-Conasems, Aurea Pitta, uma das fundadoras da VideoSaúde, às 9h30, no Salão de Leitura Henrique Leonel Lenzi da Biblioteca de Ciências Biomédicas / Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica (Icict), no Campus Manguinhos. 

A pesquisadora contou a história da Distribuidora, que completou 25 anos juntamente com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Na ocasião, foram apresentados novos projetos da VideoSaúde, frutos de diversas parcerias internas e externas, que contribuirão para o fortalecimento do SUS, marcando a relevância do Icict como unidade técnico-científica. 

A programação incluiu a abertura da exposição multimídia “VideoSáude – do analógico ao digital”, na qual os 25 anos de história são contados através da tecnologia e versados em cordel.

Preconceito prejudica saúde de gays, lésbicas, bissexuais e trans, alerta OMS

O preconceito, a indiferença, o ódio e a discriminação fazem mal à saúde de lésbicas, gays, bissexuais e pessoas trans (LGBT), bem como impedem seu acesso aos serviços de saúde. Para marcar o Dia Internacional Contra a Homofobia e Transfobia, a Organização Pan-Americana da Saúde – representação regional da Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS) – pediu que se acabe com essas atitudes nas escolas, locais de trabalho e espaços públicos e , particularmente, serviços de saúde.

"Todas as manifestações de intolerância e ódio afetam o bem-estar dos indivíduos, famílias e comunidades; causam sofrimento, estresse e criam situações perigosas”, disse o assessor da Opas/OMS sobre HIV, doenças sexualmente transmissíveis e hepatites, Rafael Mazin. O Dia Internacional Contra a Homofobia e a Transfobia é comemorado a cada 17 de maio desde 1990, quando a OMS retirou a homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças (CID).

No entanto, a CID ainda considera as pessoas trans “doentes” pela falta de conformidade entre a sua identidade com o sexo designado no nascimento e durante o seu amadurecimento. No entanto, isso não significa que elas tenham uma condição psicopatológica, dizem especialistas. Essa situação levou a pedidos de reclassificação. “Quando são apoiados e tratados com respeito, consideração e solidariedade, são tão adaptadas, produtivas e felizes como qualquer outra pessoa”, disse Mazin.


Fonte: http://www.ensp.fiocruz.br/portal-ensp/informe/site/materia/detalhe/32677

Editais do MINC focados em produtores negros são suspensos

Complicado falar em trabalhar as desigualdades de forma desigual para que se possa haver um mínimo de recuperação do secular tempo de não investimento em determinados segmentos deste grande Brasil gerido por um pequeno Brasil.

Matéria da Agência Brasil com a ministra da Cultura Marta Suplicy explicita bem as dificuldades para o investimento na promoção dos grupos vulnerabilizados.

Vale a pena ler todo o texto, muito texto, talvez, mas bacana para entender, pelo menos o enredo desta discussão.

Suspender editais de incentivo à produção cultural negra é ação racista, diz ministra

22/05/2013 - 10h53
Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse hoje (22) ter confiança de que será possível reverter a decisão da Justiça Federal, que suspendeu editais de incentivo à produção cultural negra, lançados pelo Ministério da Cultura em novembro de 2012. Marta declarou estar “indignada” com a decisão que foi proferida sob alegação de que os editais não poderiam excluir as demais etnias e abrem um espectro de desigualdade racial. A ministra informou que o ministério já apresentou recurso contra a decisão.
“Estamos indignados, achamos que é uma ação racista, estamos recorrendo e vamos ganhar. Depois que tivemos o Supremo Tribunal Federal se posicionado a favor da cota, dizer que 'fazer um edital para criadores negros' é racista, não existe. Fizemos editais para indígenas, vamos lançar agora para mulheres e temos que ter ações afirmativas para compensar as dificuldades que afetam algumas comunidades”, disse a jornalistas.
Segundo a ministra, a necessidade de lançar editais de incentivo específicos para a cultura negra surgiu a partir da constatação de que a temática aparecia pouco entre os projetos apresentados para captar recursos por meio da Lei Rounaet. E, mesmo os selecionados, enfrentavam dificuldades para captar recursos. “A partir dessa constatação, pensamos que teríamos de fazer alguma coisa para os criadores negros terem chance”, explicou. A iniciativa, segundo a ministra, obteve sucesso e já contabiliza quase 3 mil projetos inscritos.
A decisão de suspender os editais foi proferida pelo juiz José Carlos do Vale, da 5ª Vara da Seção Judiciária do Maranhão. O processo foi movido como ação popular por um escritório de advocacia. Os editais foram lançados em comemoração ao Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, em novembro do ano passado. São incentivados projetos nas áreas de cinema, literatura, artes visuais, circo, dança, música, teatro e preservação da memória negra no Brasil.

Oportunidade de Trabalho: Área de Saúde


HOSPITAL FEDERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO 
Perfil: alunos matriculados em curso de nível superior na Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ na área de interesse (Vide perfil de vagas no site do Hospital).

Vagas:


CURSO                                        N° de vagas
Administração                                    4
Biblioteconomia                                  1
Biomedicina e Ciências Biológicas         3
Ciências Contábeis                              1
Comunicação Social                             1
Direito                                               5
Enfermagem                                       8
Farmácia                                            3
Fisioterapia                                        3
Nutrição                                             4
Odontologia                            Cadastro de Reserva
Psicologia                                           1
Serviço Social                                      7
TOTAL                                                      41         

Oferecemos:
Ø  Bolsa Estágio: valor de R$ 520,00 para 30 horas semanais e R$ 364,00 para 20 horas semanais;
Ø  Auxílio transporte de R$ 6,00 por dia estagiado.

INSCRIÇÃO
O candidato deverá comparecer ao Hospital Federal dos Servidores do Estado para a inscrição presencial, conforme segue:

ü  Local: Hospital Federal dos Servidores do Estado – Rua Sacadura Cabral, 178, Prédio dos Ambulatórios, 5° andar, Auditório I.
ü  Período de inscrição: 03 a 07/06/2013
ü  Horário:
§  dias 03,05,06, 07/06/2013 das 09:00 às 12:00h;
§  dias 04 e 05/06/2013 das 13:00 às 16:00h.
ü  Documentação Necessária: documento original com foto, currículo, declaração de matrícula e histórico escolar oficial (universitário). 

Perfil das vagas e maiores informações no site: www.hse.rj.saude.gov.br

Oportunidade de Trabalho: Assessor de Imprensa

Dona Comunicação - www.donacomunicacao.com.br, localizada em Copacabana, procura profissional de Jornalismo para o atendimento de contas de assessoria de imprensa, gestão de mídias digitais e produção textual.

O profissional deve ter iniciativa, texto final, capacidade de trabalhar em grupo (mas também conseguir “andar com as próprias pernas”), ser criativo, ambicioso e ter o bom e velho bom senso. É indispensável ter experiência prévia de trabalho na área de assessoria de imprensa. 

CLT + benefícios.

Currículos dentro do perfil devem ser enviados no corpo do e-mail para contato@donacomunicacao.com.br, com pretensão salarial.

Oportunidade de Estágio: Marketing


A Clave está conduzindo o Processo Seletivo para o Processo Seletivo de Estágio Coca-Cola 2013 na área de Marketing.

PRÉ-REQUISITOS:
•Cursar: Administração,
 Publicidade e/ou Engenharias;
•Previsão de Formatura: Julho de 2015 a Dezembro de 2015;
•Inglês Avançado;
•Bons Conhecimentos do Pacote Office.

CARGA HORÁRIA:
• 30 horas semanais flexíveis

ATIVIDADES:
 Atualizar controles e montagem de relatórios de acompanhamento dos KPIs da marca e negócio;
• Suportar o time de Coca-Cola no sistema de rotulagens – SmartWork - e no acompanhamento das aprovações dos projetos criados;
• Atualizar analises de campanhas/IMCs específicos para acompanhar resultados, coletar aprendizados e implicações para trabalhos futuros;
• Suportar o time nos desenvolvimentos da marca Coca-Cola em relação às campanhas de marketing, como a da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

LOCAL DE TRABALHO:
• Cidade: Rio de Janeiro/ Bairro: Praia de Botafogo.

PACOTE DE BENEFÍCIOS:
• Bolsa Auxílio no valor de R$ 1000,00;
• Auxílio Transporte no valor de R$ 200,00 (mês);
• Refeição no Local.

INSCRIÇÕES ATRAVÉS DO LINK:

Oportunidade de Estágio: Jornalismo


Dona Comunicaçãoagência de comunicação empresarial localizada em Copacabana, procura estudantes de Jornalismo para preencher uma vaga de estágio na área de assessoria de imprensa.
Os candidatos devem ter iniciativa, bom texto, capacidade de trabalhar em grupo (mas também conseguir “andar com as próprias pernas”), ser criativo, ambicioso e ter o bom e velho bom senso. O período da faculdade em que está não importa, desde que tenha vontade e disposição de aprender. O trabalho é em Copacabana, em 
horário a combinar.

O currículo deve ser enviado no corpo do e-mail para thais@donacomunicacao.com.br .

terça-feira, 21 de maio de 2013

Prorrogada inscrições para o Prêmio Culturas Populares


O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC/MinC) prorrogou para 5 de julho o período para as inscrições no Prêmio Culturas Populares 2012. 

O edital - http://www2.cultura.gov.br/culturaviva/premio-culturas-populares-2012-2/ - contempla ações e trabalhos, individuais ou coletivos, que destaquem e fortaleçam as expressões populares da cultura brasileira, contribuindo para sua continuidade e para a manutenção dinâmica das diferentes identidades culturais no Brasil. O concurso selecionará 350 candidatos. O investimento total é de R$5 milhões.

Escolhidos:- 170 projetos de pessoas de grande experiência e conhecimento dos saberes e fazeres populares, com reconhecimento da comunidade onde vivem e atuam, com longa permanência na atividade e capacidade de transmissão dos conhecimentos artísticos e culturais. 
                 - 170 trabalhos de grupos ou comunidades envolvidos diretamente com as expressões culturais populares e outros 10 prêmios concedidos aos herdeiros diretos de mestres já falecidos (in memoriam). 

Participam do Prêmio: - projetos que desenvolvam atividades de retomada de práticas populares em processo de esquecimento e difusão das expressões populares, em todas as suas formas e modos próprios como religião; rituais e festas populares; arte popular; mitos, histórias e outras narrativas orais; processos populares de transmissão de conhecimentos; medicina popular; alimentação e culinária popular; pinturas, desenhos, grafismos e outras formas de artesanato e expressão plástica; escritos; danças dramáticas e audiovisual.

Inscrições: - por via postal, ou pela internet. É necessário encaminhar a documentação e anexos exigidos.

Edital: - fichas de inscrição e cartilha contendo o manual de orientações estão disponíveis no link:http://www2.cultura.gov.br/culturaviva/premio-culturas-populares-2012-2/

Atendimento Sebrae: Comerciante e Empreendedor

Nos dias 22 e 29 (quartas), das 14h as 17h, na Sala 1 da Biblioteca Parque de Manguinhos, uma equipe do Sebrae estará atendendo comerciantes e empreendedores que queira formalizar seus negócios.

O atendimento é inteiramente gratuito. Não perca esta oportunidade morador e trabalhador de Manguinhos.



Audiência Pública para Crianças e Adolescentes - Brasília


PIC NIC Literário: arrasou!!!

Iniciativas bacanas são para serem retumbadas igual a passagem de uma troupe de circo em uma cidade do interior. Este é também o papel do blog Participação Cidadã, daí que vamos novamente relatar o quanto foi bacana esta iniciativa que acontece na praça da Cidadania do DSUP. E, será Saulo - nosso parceiro do projeto CAIS/ICICT/Fiocruz - que vai relatar esta experiência dominical pra lá de gostosa, porque une gerações por meio de livros e muita descontração.

Mas vamos ao relato de nosso "repórter".

No domingo (19/05)aconteceu o "II PIC NIC LITERÁRIO DE MANGUINHOS", organizado pelo Coletivo de Integração Artística de Benfica, em parceria com o Projeto CAIS (ICICT/FIOCRUZ e Cooperação Social/FIOCRUZ), a Biblioteca Parque de Manguinhos, o Movimento Cidades Invisíveis, o Projeto Lendo e Aprendendo e o Movimento Bibliotecas Livres. O piquenique contou ainda com a música de Virgílio dos Santos, Ísis Botelho e Douglas da Capoeira, além de contação de histórias  e oficina de máscaras com Priscila Bento e Maria Antonieta

Durante o último mês, os responsáveis pela organização do evento arrecadaram doações e conseguiram entre amigos aproximadamente 200 livros infantis, que foram distribuídos gratuitamente para as crianças da comunidade. Para Leo Salo, do Projeto CAIS, o apoio dos amigos foi fundamental para o êxito do evento: "Cada um foi fazendo contato com os amigos mais próximos, que por sua vez foram pedindo para seus amigos também. Assim criamos uma corrente bacana, e conseguimos arrecadar os livros."  

"Foi lindo ver os olhos de crianças e adultos brilhando em contato com o livros! Gratificante! Muito obrigado a todos os doadores! Tenham certeza que os livros serão lidos e relidos com muita felicidade! Queremos realizar este evento com uma certa regularidade e precisamos desta forma manter uma campanha contínua de arrecadação de livros infantis." - comentou o músico Virgílio, idealizador do piquenique. A próxima edição acontecerá no dia 13 de julho.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Lançamento de livro no Sarau de Manguinhos

Pessoal, se preparem, pois no dia 23 de maio (quinta-feira), a partir das 18h30, haverá lançamento do livro “OUTRA - Poesia reunida no Sarau de Manguinhos” no Hall do Cineteatro. Na ocasião, os poetas Adriana Kairos, Aline Leite, André Capilé, Claudio Barreto, Elesbão Ribeiro José Pereira Dias,  Maria do Socorro, Maura Santiago, Monique Nix e Mozileide Neri estarão declamando trechos de poesias.

A organização e apresentação ficará por conta dos MC (mestres de cerimônias) Alexandre Faria e Oswaldo Martins.

É bacana saber que o Sarau Poético de Manguinhos teve sua primeira edição em 15 de dezembro de 2001. 

O Sarau foi organizado por professores e alunos do Pré-Vestibular Comunitário de Manguinhos (PVCM), um movimento de educação popular, laico e apartidário, que atuou no campo da educação através da capacitação para o vestibular de estudantes economicamente desfavorecidos de Manguinhos e de outros bairros do entorno. 

O PVCM funcionou durante mais de dez anos através da autossustentação, com divisão das despesas pelos alunos e responsáveis. Os professores e coordenadores sempre foram voluntários e atuaram dispensando qualquer tipo de remuneração pelo trabalho realizado. 

O primeiro sarau poético foi proposto no âmbito das aulas de literatura, mas rapidamente a poesia derrubou os muros da sala de aula e espalhou-se como ramas. Desde então, Manguinhos passou a reunir, nos dias de Sarau, poetas de diversos bairros e favelas do Rio. Zona Sul, Subúrbio e Baixada se concentravam naqueles encontros poéticos. 

Em 2010, o Sarau deixou a sede do PVCM (cedida pela Igreja Santa Bernadete) e mudou-se para o hall do Cineteatro da Biblioteca Parque de Manguinhos. Ali passou a manter frequência mensal e o mesmo germe aglutinador da diferença, da auteridade. 

Plano de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra

                           
A Câmara Municipal de Osasco (SP), juntamente com o Movimento de Luta Popular e Mães de Maio, e apoio da Secretaria Nacional da Juventude promove Audiência Pública nesta terça-feira, 21 de maio, às 19h, para tratar sobre o Plano de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra, nominado Plano Juventude Viva.


A intenção é explicar, reexplicar, enfim, mostrar por A+B os altos índices de assassinatos de jovens negros na faixa de 15 a 29 anos para que sensibilizados os gestores e a sociedade civil adiram ao Plano Juventude Viva.

O Plano Juventude Viva é uma iniciativa do Governo Federal, coordenada pela Secretaria Geral da Presidência da República / Secretaria Nacional de Juventude e pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), que reúne ações de prevenção para reduzir a vulnerabilidade de jovens negros a situações de violência física e simbólica, a partir da criação de oportunidades de inclusão social e autonomia para os jovens. 

As ações do Plano de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra (Juventude Viva) visam a ampliação dos direitos da juventude, a desconstrução da cultura de violência, a transformação de territórios atingidos por altos índices de homicídios e o enfrentamento ao racismo institucional, com sensibilização de agentes públicos para o problema.

Favela no Rio ganha 'banho de loja': Oremos.!!!

Matéria publicada pela Agência Estado fala da maquiagem que se fará quando da visita do Papa Francisco à Manguinhos. Vale a pena ler a matéria toda, porque a resposta às observações de moradores estão no final do texto. Obviamente, que uma resposta pra lá de conhecida...


A favela de Varginha, que será visitada pelo papa Francisco, passa por uma verdadeira reforma. O asfalto está sendo recapeado, o campo de futebol, onde Francisco falará para os moradores, já recebeu nova iluminação, garis varrem a rua todos os dias, e o muro da escola municipal passará a ter grade. Tudo isso se restringe ao trecho de 300 metros da Rua Carlos Chagas, onde Francisco vai passar. Moradores se queixam que as obras são para o "papa ver" e não há mudanças estruturais.

A dona de casa Ivanete de Jesus, de 28 anos, queria que Varginha, em Manguinhos, na zona norte, recebesse a visita do papa pelo menos uma vez por ano. "Só assim para a prefeitura arrumar tudo o que tem pra fazer", afirma. Desde que Varginha foi anunciada pelo Vaticano como um dos locais a ser visitado pelo papa Francisco, há 10 dias, equipes da prefeitura trabalham na Rua Carlos Chagas, principal acesso à comunidade. Mas as obras se concentram no curto trecho entre a entrada da favela, onde está a Igreja de São Jerônimo Emilliani, e o campo de futebol, onde o tricampeão Jairzinho treina adolescentes.
O comerciante Manoel Arcanjo, de 55 anos, morador de Varginha há 46, conta que a Carlos Chagas foi asfaltada nos anos de 1970. Depois, nunca mais teve manutenção, apesar das inundações constantes do Rio Faria Timbó. "Estão fazendo obra para o papa ver. Quero que façam as obras que ele não vê, como as de saneamento e ligação de água", afirmou Arcanjo. Ele lembra ainda que Varginha não se resume a Rua Carlos Chagas. "Não tem nenhum funcionário da prefeitura nas outras ruas."
Desde o anúncio da visita, o campo de futebol ganhou um novo poste com refletores. A Rioluz também trocou todo o cabeamento até o transformador. Carros abandonados que ocupavam o acostamento da Rua Carlos Chagas já foram rebocados. Garis passaram a varrer a rua diariamente, o que não acontecia. "Eles vinham e tiravam o lixo da caçamba, mas não tinha gente aqui fazendo a limpeza. Espero que eles continuem a vir depois da visita do papa", disse Ivanete.
Procurada, a assessoria de Imprensa da Rio Eventos, empresa da prefeitura que trata de assuntos relacionados à Jornada Mundial da Juventude, informou que Varginha foi pacificada recentemente, permitindo a realização de serviços públicos. Já havia um cronograma de intervenções da prefeitura para a região de Manguinhos, mas, por conta da visita do papa, algumas ações tiveram de ser antecipadas.

domingo, 19 de maio de 2013

Ato contra aumento das passagens no Rio


Esta segunda-feira, 20 de maio, vai ser mais um dia de engarrafamentos no Centro do município do Rio de Janeiro: o vilão será o aumento das passagens dos transportes públicos.

Concentração: 16h30 - em frente a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, em frente à estação do metrô Cidade Nova.

O prefeito Eduardo Paes decretou essa semana que não vai mais adiar o reajuste das passagens de ônibus no município do Rio de Janeiro e que em junho a nova tarifa já entrará em vigor.